Em parceria com a Prefeitura de Lagoa Grande, Governo do Estado realiza mutirão do glaucoma

Na manhã desta sexta-feira (29), o governo do maranhão em parceria com a prefeitura de Lagoa Grande realizou no hospital municipal José Vieira de Melo o mutirão do glaucoma.

Em Lagoa Grande foram realizados 190 atendimentos, sendo que 39 pessoas foram diagnosticados com glaucoma, 8 com piterigio e 28 com catarata.

As pessoas que foram diagnosticadas com glaucoma serão incluídas no programa e passarão a receber o tratamento gratuito. Essas pessoas irão retornar para uma nova consulta em 3 meses, pois, esse mesmo atendimento será realizado novamente em Lagoa Grande no mês de setembro.

Segundo o coordenador do Programa, Evandro Pires, Lagoa Grande atendeu as expectativas de publico, e em setembro quando será realizado novamente o mutirão, ele espera que mais pessoas sejam atendidas.

O medico oftalmologista, Dr. Ricardo, disse que pessoas com mais de 40  anos devem procurar o atendimento, e pessoas com menos de 40 anos que tenha histórico na família da doença também deve procurar o serviço. Dr. Ricardo ainda alerta que pessoas da raça negra, míopes e doenças crônicas tem prioridades no atendimento, pois, eles tem grandes chances de ter a doença.

Dr. Ricardo ainda destacou que pais que tenham glaucoma os filhos tem 10 vezes mais chances de ter a doença, pois, a mesma é hereditária.

Atendimentos

O mutirão realiza consultas e exames específicos para detecção do glaucoma, bem como de outras patologias da visão, como catarata. Para os casos positivos, é feita distribuição de medicação gratuita. Durante a ação, também é feito o acompanhamento dos casos diagnosticados em edições anteriores.

Ao se apresentar para consulta, o paciente precisa levar cópia de documento de identidade, cartão do SUS e comprovante de endereço.

Segundo especialistas e autoridades de saúde, a melhor maneira de prevenir o glaucoma é consultar um médico oftalmologista pelo menos uma vez por ano. Mesmo sendo uma doença crônica e sem cura, o Glaucoma é tratado com o uso de colírios, que controlam a pressão intra-ocular e impedem o avanço da doença.

Pessoas que têm parentes portadores de glaucoma, indivíduos com mais de 40 anos, pacientes com alto grau de miopia e diabéticos devem estar ainda mais atentos, devendo procurar o mutirão para consulta.

This entry was posted in Geral. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.