×
Geral

Em voto no 2º turno, Flávio Dino defende Reforma Política

img-20141026-wa001269830

Durante votação no 2º turno na manhã deste domingo (26), o governador eleito Flávio Dino defendeu a Reforma Política Democrática para o país. “Espero que esta seja a última eleição que se processou segundo as regras vigentes”, argumentou ele.

Para Flávio Dino, esta pauta vai garantir a extinção do financiamento empresarial para candidatos e partidos, assegurando um avanço na democracia. Ele reforçou ainda a importância das eleições e ressaltou as lutas pelo fortalecimento da democracia do país ao longo de 30 anos desde a redemocratização.

“Sou de uma geração que lutou pelas eleições diretas para presidente e por isso este é sempre um momento de grande emoção”. E, completou, falando do momento atual, “acho que a pauta do primeiro semestre de 2015 no país deve ser a reforma política que ajude a aprofundar ainda mais a democracia no Brasil”.

Dino parabenizou os presidenciáveis, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), afirmando que adotou a postura de neutralidade em todo o período eleitoral, mas que seu voto pessoal segue a linha partidária definida pelo PCdoB.

“Adotei uma postura de respeito à coligação plural, ampla e democrática que nós fizemos no Maranhão. Sou uma pessoa de compromisso e é claro que me mantenho fiel, por isso não participei da campanha eleitoral. Agora, obviamente, eu integro um partido político, que tem uma posição política e é natural que eu siga a posição do meu partido”.

Fortalecimento da democracia
Flávio Dino encampa a defesa da Reforma Política desde 2007, quando ainda exercia mandato na Câmara Federal. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 193/07) foi defendida por ele para realização de plebiscito para a autorização da revisão constitucional, quando seriam discutidas exclusivamente as reformas política e tributária.

 

0 Comentários

Deixe o seu comentário!