×
Estado

Jornal O IMPARCIAL destaca as ações do Mutirão Mais IDH em Lagoa Grande

O jornal impresso e o site do maior Jornal da capital maranhense O IMPARCIAL destacou em sua pagina as ações do Mutirão do Programa Mais IDH realizado na cidade de Lagoa Grande, a equipe do jornal esteve presente nas ações, conversaram com a população e entrevistaram o prefeito da cidade Dr. Jorge Melo e destacaram os atendimentos.

Confira a matéria completa:

 

imparcial

 

Os moradores de Lagoa Grande do Maranhão estão buscando as ações do Mutirão ‘Mais IDH’ no município, localizado há 370 quilômetros da capital São Luís. Lagoa Grande possui o sexto menor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do estado (0,502), o município foi emancipado no ano de 1997 e nunca havia recebido ações de saúde e cidadania em parceria com o governo do Estado.

O prefeito Jorge Eduardo Gonçalves (PT) destacou que pela primeira vez o Estado, a Prefeitura de Lagoa Grande e a sociedade civil organizada estão trabalhando juntos em busca de um Maranhão melhor. “É a primeira vez que o Governo do Estado vem até o nosso município. Estamos juntos na missão de tirar o Maranhão dessa lista negra de estado mais pobre do Brasil”, frisou o prefeito.

Jorge Eduardo também lembrou que o mutirão faz parte de um projeto maior, que é o Plano de Ação ‘Mais IDH’, compromisso de campanha do governador Flavio Dino confirmado em seu ato de posse. “Aqui vemos o sonho do ‘Mais IDH’ começando a se tornar realidade”, afirmou o prefeito de Lagoa Grande do Maranhão.

Durante os 12 dias de mutirão, que começou na ultima sexta-feira (9) e segue até a próxima sexta-feira (20), estão sendo disponibilizados, gratuitamente, serviços de emissão de carteira de identidade, cadastro de pessoa física e carteira de trabalho, alistamento militar, consultas médicas, preventivos ginecológicos, vacinação, exames rápidos, distribuição de remédios e palestra sobre saúde bucal com distribuição de escovas de dente e aplicação de flúor.

Em Lagoa Grande do Maranhão, apenas 35,51 % da população mora em domicílios com banheiro e água encanada. Durante o mutirão também estão sendo trabalhadas campanhas educativas e orientações na área da saúde. Aos 13 anos, a estudante Janaína de Paula Branco ouviu pela primeira vez orientações sobre saúde bucal. “Muitas pessoas não sabem cuidar da boca e eles estavam ensinando. Gostei muito de aprender a higienizar da maneira certa”, afirmou.

Fonte: o imparcial